«

»

Imprimir Post

Harvard tem maioria “não branca” de calouros pela primeira vez

Em 380 de história da universidade norte-americana nunca houve minoria caucasiana. O percentual de estudantes não brancos que entrarão este ano é de 50,8%. Em comparação, em 2016, o total das outras etnias era de 47,3%.

A porcentagem de americanos descendentes de asiáticos é de 22,2%, em seguida vêm os afroamericanos (14,6%). Estudantes latinos e hispânicos correspondem a 11,6% dos ingressantes. Já os com descendência dos índios americanos e dos habitantes das ilhas do Pacífico são 2,5% no total.

O marco foi divulgado poucos dias após a instituição ser envolvida em polêmica sobre ações afirmativas junto ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a publicação New York Times. No início do mês, o jornal afirmou em reportagem que o departamento pretende processar universidades que apresentem ações afirmativas, sobre a prerrogativa de que essas práticas discriminam candidatos brancos.

O órgão explicou que não tinha planos de investigar os critérios raciais das universidades. No entanto, o documento ao qual o jornal se referia dizia respeito a uma denúncia feita em 2015 por grupos de estudantes de descendência asiática.

A acusação era contra Harvard e outras universidades da Ivy League – conjunto de oito instituições mais prestigiadas nos EUA, incluindo Brown, Princeton e Columbia – reclamando sobre o sistema de cotas excluir alunos asiáticos com bom desempenho nas provas.

A Suprema Corte proibiu o uso de cotas raciais para admissão nas universidades, mas permitiu que raça seja um dos critérios de “análise holística”.

Rachel Dane, representante de Harvard, disse que a instituição estava “comprometida em matricular turmas com diversidade”.

 

Imagem: Portal Folha de São Paulo

Link permanente para este artigo: http://observatoriodadiversidade.org.br/site/harvard-tem-maioria-nao-branca-de-calouros-pela-primeira-vez/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *