Identidade e diversidade cultural: paradoxos e articulações para uma política pública (Amanda Microni Macedo Alves)

Aqui

Esta pesquisa investiga as possibilidades e limites de articulação entre as noções de identidade e diversidade cultural, no plano teórico e através do exame de uma política pública federal brasileira de proteção e promoção da diversidade cultural, tendo como pano de fundo o possível diálogo entre elas. No Brasil, um exemplo de política pública na tentativa de fomento à noção de diversidade cultural é a criação em 2003 da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SID/MinC) se comprometendo em promover o diálogo e o debate com setores representativos da diversidade cultural brasileira desprovidos de políticas públicas, fomentando a cidadania cultural. Através dos princípios e ações da Secretaria da Identidade e
Diversidade Cultural no Brasil, e análise de seus documentos, informações no site e entrevistas com seus membros, gestores e técnicos, são apresentadas dois tipos de articulação possíveis entre tais noções, bem como outras características que as complementam.

Link permanente para este artigo: http://observatoriodadiversidade.org.br/site/identidade-e-diversidade-cultural-paradoxos-e-articulacoes-para-uma-politica-publica-amanda-microni-macedo-alves/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.